• pamidori

Setembro: Mês Mundial da Doença de Alzheimer


A Affetto Cuidados apoia a conscientização da Doença de Alzheimer, e por isso vamos compartilhas algumas informações importantes sobre uma das doenças que mais provocam medo na população, principalmente idosa.


Mais de 100 mil pessoas são diagnosticadas por ano no Brasil com alguma forma de demência, hoje mais de 1 milhão de pessoas tem esse diagnóstico no nosso país. Estima-se que em 2030 serão mais 74 milhões de diagnosticados no mundo, podendo este número dobrar até 2050, em consequência ao envelhecimento da população.

Doença de Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro que progressivamente afeta a memória e outras funções neurológicas, interferindo na função cognitiva e motora. Não tem cura, porém tem possibilidade de tratamento para controle e estabilidade dos sintomas.

O diagnóstico é médico, através de avaliação clínica.


A Doença de Alzheimer é dividida em fases:


- PRÉ - DOENÇA: falhas na memória, apatia, irritabilidade, dificuldade de concentração ou organização para realização de tarefas (ex.: finanças, bancárias), organização de documentos, sinais de depressão.

- LEVE: desorientação em tempo e espaço, dificuldade de encontrar palavras, dificuldade na tomada de decisão, necessidade de auxílio em algumas atividades básicas (ex.: vestir-se)

- MODERADA: necessidade de auxílio em todas as atividades básicas ( banho, higiene, alimentação), alucinações, esquecimento de fatos marcantes

- AVANÇADA (TERMINAL): incapacidade de registrar dados, dificuldade em resgatar informações antigas, dificuldade em deglutir, incontinência urinária e fecal e dificuldades motoras.


Sinais de alerta:

- Falha na memória, afetando atividade laboral

- Dificuldade na execução de tarefas habituais

- Perda de iniciativa para fazer tarefas

-Dificuldade para comunicar-se

- Desorientação em tempo e espaço

- Diminuição da capacidade de juízo e crítica

- Lentificação do raciocínio

- Alteração de humor e comportamento

- Mudança de personalidade


Tratamento:

- medicamentos para controle de sintomas

- reabilitação cognitiva

- terapia ocupacional

- atividade física regular


PREVENÇÃO

Como toda orientação para uma vida saudável, a forma de prevenção é :

- manter uma alimentação equilibrada com frutas, legumes, cereais e proteínas

- praticar atividade física regular 3 x por semana

- controle de fatores de risco como hipertensão e diabetes

- manter o cérebro em atividade, buscando sempre novos conhecimentos ( estudar outro idioma por exemplo)

- treinar a capacidade de concentração

- ter uma boa noite de sono, com pelo menos 8h ao dia.



6 visualizações0 comentário